Pedro Zambarda de Araújo

E falta criatividade na Nintendo: Foi anunciado Pokémon Black 2 & White 2

Categoria(s): (Games, Nerd, News, Rapidinhas) por Pedro Zambarda de Araújo em 16-06-2012

Tags : ,


O Japão está perto de receber as novas versões de portátil da saga Pokémon, clássica no segmento. Os novos jogos se chamam Pokémon Black 2 e Pokémon White 2. Isso mesmo, ao invés de lançar versões inteiramente novas, a Nintendo parece querer apostar em sequências e em pokémons novos e antigos (como o Tyranitar, das versões Gold e Silver).

Esse tipo de lançamento parece mostrar a falta de criatividade da Big N para a franquia, que é considerada um dos dez jogos mais vendidos na história. Problemas desse tipo é ruim para a indústria como um todo, principalmente se levar em conta que a Nintendo teve seu primeiro prejuízo em 2012, de 550 milhões de dólares.

Informação da Nintendo Blast.

Pedro Zambarda de Araújo

E3 2012: O evento da convergência nos games e das grandes sequências

Categoria(s): (Artigo, Games, News) por Pedro Zambarda de Araújo em 16-06-2012

Tags : , , , ,




Todo o mês de junho, anualmente, o mundo da tecnologia pára para observar as principais inovações da maior feira de games do mundo. A Eletronic Entertainment Expo (E3) reúne grandes empresas como Ubisoft e Electronic Arts (EA), mas os astros do evento são a Sony, a Microsoft e a Nintendo, as maiores companhias no setor de consoles. Todas as atenções se voltam para o evento em Los Angeles.


Grandes jogos novos foram apresentados, como Beyond: Two Souls, feito pela mesma produtora de Heavy Rain e com a atriz Elen Page (a Juno, do filme) interpretando a personagem principal. A artista utilizou uma tecnologia de captura de movimentos similar a do Gollun no filme Senhor dos Anéis, que simulou sua feição com detalhes em suas versão digital. Outra novidade foi Watch Dogs, da Ubisoft, onde o protagonista enfrenta um mundo todo controlado por um único computador.


The Last of Us, da Naughty Dog, a mesma produtora de Uncharted e Crash Bandicoot, traz um roteiro de apocalipse zumbi em uma cidade dizimada por um fungo. Mas os principais destaques da E3, mais uma vez, é a forma de jogar games, não os novos lançamentos.


O contole Game Pad, já apresentado junto com console Wii U em 2011, é um tablet, com tela sensível ao toque. Nesta E3 2012, a Nintendo mostrou que ele funciona tanto como uma extensão do game na TV (mostrando mapas e detalhes) quanto um videogame portátil. Nintendoland foi apresentado como seu principal jogo de mini-games, enquanto ZombieU parece uma aposta mais hardcore em uma empresa que jogava mais pesado no jogador casual.


A Microsoft mostrou o recurso Smartglass, que permite integração entre os smartphones e os tablets Windows 8 com o console Xbox 360. Com essa integração, os celulares com touchscreen podem virar controles para o aparelho. Já a Sony mostrou o recurso cross-play, que transforma o portátil PS Vita em um controle para o PlayStation 3. Ele tem uma tela touchscreen frontal e um touchpad traseiro, além de botões convencionais.


Com essas novidades, lançamentos e continuação de sequências consagradas como God of War, chamado Ascension, e o ressurgimento de Tomb Raider, definitivamente, esta E3 foi dos controles. E ela foi iniciada em 2011 com o WiiU, que lançou as tendências deste ano.

Pedro Zambarda de Araújo

As maiores brigas do mundo dos games, segundo a GameFAQs

Categoria(s): (Artigo, Games, Nerd) por Pedro Zambarda de Araújo em 24-09-2011

Tags : , , ,

Ainda nesse ritmo de listas, a GameFAQs publicou outra sobre grandes confrontos no mundos dos jogos eletrônicos, no dia primeiro de agosto. As brigas envolvem desde personagens famosos desse universo até outros tipos de conflitos.

Os top 10 foram elaborados pelo leitor com cadastro BimmyandJimmy. Mostrarei em ordem crescente, porque tem uma surpresinha no final:

10. Luta pelos direitos de distribuição de Tetris
9. Donkey Kong contra Universal Studios
8. Noland Bushnell contra Ralph Baer – A conspiração de Pong
7. StarCraft: Jogadores sul-coreanos versus o resto do mundo
6. Jogadores oldschool contra nova geração
5. Qualquer batalha épica da Nintendo
4. Jack Thompson versus videogame
3. Atari contra as pessoas dos anos 80
2. Mario versus Luigi
1. Super Nintendo contra Sega Genesis (Conhecido aqui como Mega Drive)

Os itens em negrito são os mais importantes. SNES versus Mega Drive de fato foi a maior briga dos games e dos gamers. Todos queriam saber se o novo videogame da Big N conseguia barrar o recém-lançado Genesis, que ameaçava comer todo o mercado norte-americano e rachar o império da Nintendo em dois. Eram duas empresas japonesas se enfrentando pelo público americano, antes da ascensão da Sony e do surgimento da Microsoft na disputa. O Genesis levou a melhor, mas foi trucidado na geração seguinte.

Atari desafiou os anos 1980 tentando continuar um modelo de negócio nos fliperamas, enquanto os consoles domésticos caseiros engoliam o mercado. Ainda hoje, jogadores oldschool, saudosistas do Nintendinho e do Master System brigam com os jogadores vidrados em World of WarCraft e PlayStation 3, com seus gráficos cada vez mais realistas e imersivos.

Criado em 1998, StarCraft criou uma cultura de games online na Coreia do Sul, formando os melhores jogadores de estratégia do mundo naquele país. Até hoje, os sul-coreanos levam muito a sério aquele jogo.

Bushnell foi o criador do Pong, do Atari e da empresa Atari. Baer criou o Maganavox Odyssey. Os dois brigam, até hoje, pelo título de “criador do primeiro videogame”. O Odyssey de Baer veio antes, na década de 60. O Pong de Nolan Bushnell surgiu só em 1972.

Donkey Kong, criado por Shigeru Miyamoto na Nintendo, brigou por direitos autorais com o King Kong da Universal. Tetris foi outra briga forte, com várias empresas querendo distribuir um jogo de um russo da União Soviética. Quem levou a disputa foi a Big N.

Pedro Zambarda de Araújo

WiiRehabilitation serve como terapia para pacientes em hospitais

Categoria(s): (Games, Nerd, News) por Pedro Zambarda de Araújo em 25-05-2011

Tags : , , , ,

Presente no Brasil há três anos, em clínicas de fisioterapia, o tratamento WiiRehabilitation serve para reabilitar pacientes que sofrem com sequelas de AVC, de Parkinson e de Trauma Raqui-Medular. O tratamento é a prova viva que videogames podem ser utilizados na medicina, muito além do entretenimento.

O estímulo através de jogos de Nintendo Wii faz o paciente sair da inércia e forçar seu corpo a recuperar movimentos e transpôr suas limitações. O videogame passa pelos leitos de um hospital através de um carrinho e a pessoa joga para fazer os exercícios necessários. Pacientes e médicos aprovam o tratamento.

Informação via Exame

Pedro Zambarda de Araújo

De 2006: Motivo pra você jogar Kinect hoje

Categoria(s): (Bizarro, Nerd, Rapidinhas) por Pedro Zambarda de Araújo em 05-01-2011

Tags : , , , , , , ,

Essa imagem acima foi montada quando a moda era sacudir o corpo movendo um joystick parecido com um controle de TV da Nintendo. Agora, você pode mexer o esqueleto sem precisar de nada, só a câmera da Microsoft.

Ok, as zoações sobre o Kinect são verdade, mas geralmente quem zoa, deve estar fora de forma. Ou, pelo menos, deve ser alguém (um pouco) preguiçoso.

Pedro Zambarda de Araújo

Controle para nostálgicos e modernos

Categoria(s): (Bizarro, Nerd, Rapidinhas, Retro-Games) por Pedro Zambarda de Araújo em 17-08-2010

Tags : , , , , , , ,



Um controle para fanáticos por SNES.
Leia todo o conteúdo desse post »

Pedro Zambarda de Araújo

10 coisas sobre Mario que você gostaria de saber

Categoria(s): (Artigo, Games, Nerd, Retro-Games) por Pedro Zambarda de Araújo em 27-06-2010

Tags : , , , , , , ,

Você joga Mario desde quando se lembra como gamer, não é? Nunca se perguntou de onde ele veio, por que ele se chama assim? Veja a lista abaixo, com curiosidades singulares sobre o encanador mais famoso dos videogames.

1 – O nome Mario veio de Mario Segale, dono do primeiro galpão da Nintendo nos Estados Unidos.

2 – O primeiro nome de Mario foi “Jumpman”. Era assim apenas porque ele pulava nas plataformas e dos obstáculos para derrotar o Donkey Kong dos arcades.

3 – O nome da namorada de Mario era Pauline no game Donkey Kong (1981), o primeiro em que ele apareceu. Ela inspirou a Princesa Cogumelo (ou Peach) dos jogos posteriores.

4 – A profissão de Mario no início era de carpinteiro. E ele era dono do gorila que sequestrou a garota, chamado Donkey Kong.

5 – O primeiro jogo em que Mario foi chamado de Mario foi Donkey Kong Jr. (1982). Nesse game, o filhote de DK tenta salvar seu pai das mãos do carpinteiro Mario.

6 – A história explorada hoje em dia só surgiu em Super Mario Bros. (1983), game bem-sucedido no NES. Mario transformou-se em um encanador italiano em um reino dos cogumelos, com uma princesa e um irmão. A inspiração desse mundo foi Alice no País das Maravilhas.

7 – Charles Martinet faz a voz de Mario desde 1995, no jogo educacional para PCs Mario’s FUNdamentals. O trabalho dele ficou consagrado no ano seguinte, em Super Mario 64, que trouxe o encanador em 3 dimensões.

8 – Dois detalhes do figurino de Mario foram criados por limitações gráficas do NES na década de 80: o chapéu do personagem pela falta de detalhe dos cabelos e o macacão permitiu que os braços do personagem se movessem em 8 bits. Além disso, o bigode foi desenhado para não precisar desenhar uma boca.

9 – A nomeação do nome Mario, inspirado em Segale, serviu para agradar o dono do galpão da empresa, frustrado pelos fracassos da Nintendo nos EUA antes de Donkey Kong.

10 – Mario tornou-se italiano porque Segale era italiano.

Inspirado no livro The Ultimate History of Videogames, do jornalista Steve L. Kent.

Pedro Zambarda de Araújo

Guerra nos games – Nintendo e Apple?

Categoria(s): (Artigo, Games, Nerd, News) por Pedro Zambarda de Araújo em 08-05-2010

Tags : , , , ,

Deu na Business Times, jornal de Londres ontem, dia 7: a Nintendo está pronta para soltar toda a força de seu desenvolvimento e marketing contra a Apple, segundo Satoru Iwata, chefão da empresa. As atuais vendas paradas do Wii e do Nintendo DS reforçam esse paradigma, que transformam a criadora do iPhone num forte fator de desvio dos gamers da plataforma mais antiga nesse mercado. É fato que, há algum tempo, aplicativos na AppleStore se tornam mais atraentes do que gastar dinheiro num cartucho ou CD de videogame.

A preocupação da gigante nipônica tem fundamento. A Microsoft entrou no mercado em 2001, com o Xbox, e hoje tem destaque ainda com o Xbox360. A Sony, que deveria ter criado o console Nintendo de CD, tornou-se mostruosa com seu Playstation. Apesar do pioneirismo no mercado, Iwata mantém os olhos abertos na concorrência, dispondo de seus personagens marcantes para garantir vendas, como Mario, Zelda, entre outros.

Há espaço, também, para a Nintendo tentar uma nova revolução. O Wii mudou a situação dos games, atraindo pessoas que não querem jogar apenas num controle estático. A concorrência está copiando os nintendistas com Projeto Natal e Playstation Move para seus respectivos consoles – Xbox360 e PS3. Não é hora da Big N abandonar apenas o público consagrado com seus jogos tradicionais e investir em novos personagens? Como a Apple reagiria diante disso? Lançando apenas aplicativos que já existem em outros consoles, de outra maneira?

Fonte: MacMagazine

wiiarenerds

WANCast #5 – Nintendo Wii & Friends

Categoria(s): (Games, Nerd, Podcast) por wiiarenerds em 26-12-2009

Tags : , , , ,

Depois de muita demora pra gravar e mais demora ainda pra subir, ressuscitamos o podcast que cativa leitores e novos ouvintes por aqui. Com o novo foco do blog de abordar gente que curte games e tecnologia interativa, o tema do novo programa foi o próprio console Nintendo Wii, criado em 2006 pela Big N.

Descontraídos, a galera do Wii Are Nerds fala tanto do videogame que criou o Wii Mote quanto dos concorrentes, de consoles antigos e curiosidades bizarras. Então, dá uma conferida nessa conversa de louco, com uma trilha sonora fabulosa da banda Powerglove.

Tempo: 55min36seg

Participantes:

Pedro Zambarda (@pedrosolidus)
Naftali Andrade (@naftali)
Fabiane Lima (@fabianelima)
Gustavo Ats (@guzats)
Denis Denarelli Rezk (@deniskei)
Gabriel Subtil (@gabrielsubtil)
Francis Rosário, o Tplayer (@tplayer)

Versões em 96kbps e 64kbps, respectivamente:

GuZ

Nerds de Luto: Morre Super Mário

Categoria(s): (Games, Rapidinhas) por GuZ em 16-10-2009

Tags : , ,

the-super-mario-bros-super-show-volume-1-20060125034105053

Lou Albano, que interpretou o Super Mário no seriado do Super Mário na TV e dublou o personagem da Nintendo em 1989, partiu para o andar de cima nesta quarta feira.

Albano atuava nos ringues antes de chegar a TV e era conhecido por sua barba amarrada com um elástico, além de usar camisetas havaianas desbotadas. Ele chegou a ser um dos homens mais odiados dos EUA por causa disso, até que em 1989 ele interpretou o Mário e virou a alegria da criançada.

Enfim descansou e agora conserta os grandes encanamentos do céu.

Terra, via @Fabianelima